FEED 1.png

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Oficina 1 | Permanência: Gerar e gerir ajuntamentos em gestação cultural

Ministrantes: Mariana Pimentel e Karina Figueredo

Dias: 03 a 07 de outubro

Hora: 14h às 18h

Local: Funarte MG

Sinopse: Nesta oficina serão discutidos procedimentos relacionados à organização prática de um projeto a partir das seguintes perguntas motoras: Como construir parcerias de criação? Como compor uma equipe? Quais os afetos envolvidos? Como transformá-los em força colaborativa?

Inscrição: OFICINA 1

 

Oficina 2 | Nutrição e Cultivo: compor e compostar desejos e projetos em gestação cultural

Ministrantes: Mariana Pimentel e Daniela Leite

Dias: 31/10 a 04/11

Hora: 14h às 18h

Local: Funarte MG

Sinopse: Por que realizar e gerir um projeto? Qual o seu propósito na gestão artística e na criação de projetos? Qual o leit motiv da sua criação? O que te move a fazer o que você faz? Como você faz o que você faz?

Inscrição: OFICINA 2

Oficina 3 | Polinização: Semear e acompanhar afetos em gestação cultural

Ministrantes: Mariana Pimentel, Gus Lima e Alexandre Cervi

Dias: 28/11 a 02/12

Hora: 14h às 18h

Local: Funarte MG

Sinopse: A construção dramatúrgica do afeto através do storytelling. De que forma as historiografias pessoais incidem nas historiografias coletivas na divulgação de projetos? A tecnologia social da memória como estratégia de comunicação para a circulação dos produtos culturais.

Inscrição: OFICINA 3


Seminário | “Produção cultural: desafios do agora e proposições para o futuro”

 

Dias 05 e 06/12

14h às 17h - Mesa temática

17h30 às 19h30 - Roda de Conversa 

Local: Funarte MG

Sinopse: Este seminário, composto por mesas temáticas e rodas de conversa, promoverá o aprofundamento das discussões propostas nas oficinas em diálogo com experiências de diferentes artistas e profissionais residentes em Minas Gerais em uma perspectiva transdisciplinar. 

 

Dia 05/12 - "Gestação Cultural: a gestão na perspectiva da regeneração coletiva"

Dia 06/12 - "Redes de afeto e de trabalho: experimentando escalas de atuação na circulação das artes do corpo"

 Em breve mais informações sobre mediadores e debatedores das mesas. 

AIPMF 4.png

SERVIÇO

Local: FUNARTE MG - Rua Januária, 68 - Centro - Belo Horizonte 

Entrada Franca 

Classificação etária: 18 anos 

Vagas limitadas: 40 participantes 

Público-alvo: artistas e estudantes das artes da cena e do corpo; produtores, gestores, agentes de cultura e pessoas interessadas de diversas áreas de atuação. 

Não há pré-requisitos para a participação nas oficinas e no Seminário. 

Os participantes que estiverem presentes nas três oficinas poderão apresentar um tema de interesse e pesquisa nas rodas de conversa que acontecerão durante o seminário. É possível participar das oficinas separadamente.

RELEASE

"Ajuntamentos (im)possíveis para mover futuros” é um curso composto por 3 oficinas e 1 seminário que propõe uma interlocução entre criação, gestão cultural e as práticas agroflorestais da permacultura, abordando temas como comunicação, ancestralidade, inclusão, diversidade, experimentação e colaboração como ativadores do fazer artístico. Tem como foco apresentar estratégias alternativas de criação e sustentação artística que promovam uma maior autonomia e provoquem uma relação crítica frente aos sistemas tradicionais, ou seja, aos modos de funcionamento do mercado.

Este projeto celebra a parceria entre duas estruturas de pensamento e ação em produção e gestão cultural: A 1° PISO mobilizada pela in-Próprio Coletivo e o F.E.R.VO! - Plataforma Colaborativa, mobilizada pela produtora DOS VOOS. Ambas propõem um trabalho em rede entre artistas do corpo que torne as fronteiras do nosso país mais porosas e articuladas.

A partir de perguntas e exercícios de construção de respostas temporárias que possam buscar soluções de existência para artistas e sobretudo, para o ecossistema artístico como um todo, serão provocadas propostas colaborativas de pensamento e ação que irão mapear os modos operativos e instigar a criação como um campo expandido que se desdobra em múltiplas possibilidades de atuação como curadoria, ensino, produção, gestão institucional, microempreendedorismo individual e/ou coletivo, entre muitas outras.

Com o objetivo de contribuir para a formação de artistas/ajuntamentos independentes e estudantes da cena de Belo Horizonte/MG, o projeto visa encontros e trocas intergeracionais de experiências que instiguem novas ideias e projetos culturais que aproximem a produção artística de uma diversidade de pessoas e territórios.

A programação acontecerá durante os meses de outubro a dezembro de 2022. Ela conta com três oficinas: Permanência: Gerar e gerir ajuntamentos em gestação cultural; Nutrição e Cultivo: compor e compostar desejos e projetos em gestação cultural; Polinização: semear e acompanhar afetos em gestação cultural; e um seminário “Produção cultural: desafios do agora e proposições para o futuro”, composto por mesas redondas e rodas de conversa. Cabe ressaltar que a participação é gratuita e será certificada mediante a porcentagem mínima de presença nos encontros.

REALIZADORES, MINISTRANTES E MEDIADORES

Mariana Pimentel - Direção geral e ministrante da oficina

 

Artista da dança, curadora, gestora e produtora cultural, nascida em Fortaleza no ano de 1983 e moradora da cidade de Guapimirim-RJ. Estudou no Royal Conservatory of Antwerp, Bélgica e é licenciada pela Escola Superior de Dança de Lisboa. É mestre em Cultura Contemporânea e Novas Tecnologias pela Universidade Nova de Lisboa, sendo seu objeto de pesquisa os estados de presença do corpo na dança contemporânea e suas relações de alteridade. É especialista em Bens Culturais: Cultura, Economia e Gestão pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) tendo como pesquisa práticas colaborativas no sistema produtivo da dança e em Educação para a Sustentabilidade pelo Gaia Education / Universidade Federal de Alfenas - MG com pesquisa que relaciona a dança e cultura regenerativa. Seus trabalhos autorais tratam de tensões políticas entre corpo, espaço, identidade e noção de comunidade, sendo apresentados em Portugal, França, Suécia, Áustria, Itália e Brasil. Em 2011 recebeu a bolsa Danceweb no Impulstanz Festival, em Viena/Áustria. Entre os anos de 2012 e 2022 foi analista de artes cênicas no Departamento Nacional do Sesc, onde coordenou de modo compartilhado projetos como o Palco Giratório, Sesc Dramaturgias e Plataforma Cena. É sócia da Dos Voos, produtora que desenvolve projetos multilinguagens e realiza o Face a Face - Plataforma de Artes Performativas juntamente com as artistas Priscila Maia e Ligia Soares. 

 

Dani Leite - Coordenação pedagógica e ministrante de oficina


Diretora, atriz e pesquisadora no in-Próprio Coletivo, Dani Leite é doutora em Estudos de Cultura Contemporânea / Poéticas Contemporâneas (UFMT/ECCO - 2019), onde defendeu a tese "O que pode o teatro como poética do acontecimento: cartografias de desejos e uma ode à desobediência". Possui mestrado também pelo ECCO e graduação em filosofia pela mesma instituição, onde articulou sua formação nas relações entre o teatro e outras linguagens artísticas. Participa do grupo de pesquisa "Artes híbridas: intersecções, contaminações e transversalidades". Atuou e dirigiu os espetáculos "OraMortem", "in-Próprio para Dinossauros", a performance "Não cabe mais, gente!", a desmontagem "Despeça-te" e o experimento cênico digital "Quando tudo era mar". Fundadora da 1º Piso - plataforma digital com foco em formação e criação nas Artes da Cena, onde atua na articulação e curadoria. Em colaboração com a Cia Pessoal de Teatro dirigiu "Criame", "Requiém para Dançar" e produziu "Encontros Possíveis" - projeto de formação, pesquisa e intercâmbio em parceria com o Odin Teatret. Desde 2017 ministra aulas para as ênfases de Atuação e Direção do curso superior de Tecnologia em Teatro da MT Escola de Teatro (UNEMAT), onde também atuou como coordenadora das áreas artísticas (direção, atuação e dramaturgia) desta instituição. Em 2021 foi professora interina do curso de Direção da SP Escola de Teatro. Apresentou e ministrou cursos, workshops e residências artísticas em diversas cidades do Brasil e também na Colômbia e Argentina.


Karina Figueredo - Coordenação de produção e ministrante de oficina

Artista pesquisadora, iluminadora cênica, atriz e professora. Mestranda pelo Programa de Pós-Graduação em Estudos de Cultura Contemporânea (ECCO-UFMT), com a pesquisa intitulada “A dramaturgia da luz de OraMortem”. É membro do Grupo de Pesquisa Artes Híbridas: intersecções, contaminações e transversalidades. Foi coordenadora das Áreas Técnicas da MT Escola de Teatro (Curso de Tecnologia em Teatro/UNEMAT) nos anos de 2020 e 2021 e também atua nesta instituição como professora de iluminação de 2017 até hoje. Desenvolve pesquisas acerca da dramaturgia da luz e processos compartilhados de criação dentro do in-Próprio Coletivo, do qual é membra fundadora. Já ministrou cursos e oficinas em diversas cidades brasileiras e atua como  iluminadora/desenhista de luz   para  alguns grupos, coletivos e artistas do Brasil. Co-criadora da 1º Piso - plataforma digital com foco em formação e criação nas Artes da Cena. 

 

Gus Lima - Coordenação pedagógica e ministrante de oficina

Professor e pesquisador, trabalha com criação textual a partir da relação entre história, memória, dramaturgia, música e teatro. Mestre em História com Doutorado em Estudos de Cultura Contemporânea pela UFMT, com a tese "Narrar com o corpo-trama: composições (auto)ficcionais e transdisciplinares para tentativas decoloniais". É membro fundador e articulador do in-Próprio Coletivo e criador/gestor da 1º PISO. Colaborou com o Museu da Pessoa.net (SP) e Núcleo Educacional da Orquestra do Estado de Mato Grosso, onde desenvolveu oficinas relacionadas ao tema da memória e música nos ambientes de aprendizado.

Alexandre Cervi - Comunicação, design gráfico e ministrante de oficina

Alê é graduado em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda pela UFMT e realizou intercâmbio em Design & Marketing de Moda na Universidade do Minho, em Guimarães, Portugal. Atualmente reside em BH-MG e atua principalmente com gestão, comunicação e visualidades. É membro articulador e criativo do In-Próprio Coletivo (artes híbridas); co-diretor e designer na plataforma virtual 1º PISO; e ainda corta cabelos em seu próprio salão, o Serve Cervi.

FICHA TÉCNICA DO PROJETO

Direção Geral: Mariana Pimentel 

Coordenação pedagógica: Daniela Leite e Gus Lima 

Coordenação de produção: Karina Figueredo 

Comunicação e Design gráfico: Alexandre Cervi 

Ministrantes das oficinas: Mariana Pimentel, Karina Figueredo, Daniela Leite, Gus Lima e Alexandre Cervi 

Coordenação do seminário: Mariana Pimentel 

Produção: DOS VOOS - F.E.R.VO! e in-Próprio Coletivo - 1º PISO

Realização: Funarte MG 

ACESSE NOSSAS
REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube
  • Spotify - Black Circle

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

saiba as novidades mensais
e garanta descontos